“Flores do inverno”

Flores do inverno
Flores e neve. (Imagem da internet - 1Zoom.me)

por Genésio dos Santos Ferreira – 30 de agosto de 1969

Era inverno, nevava naquele dia
Nem transeuntes naquela alvacenta estrada
Só a neve cobria tudo, mais nada
Aquela alva paisagem interrompia

E no algor da alta madrugada
Só vi que a luz do luar luzia
Sobre as alvas flores que ora pendiam
Das árvores àquela estrada aladas

Mas que árvores! Tão nuas as que então eu via
E que flores! Tão alvas no esplendor do inverno
Flocos de algodão que a neve escondia

Não divisei as flores. Só um alvor eterno
Eu vi, porém não vi a neve que caia.
E aqueles flocos? Seriam flores do inverno?