Fragmentos de história

Jovens em momento de lazer no rio Sorocaba, na década de 1960. (Arquivo Chislaine de Campos)

Crônicas escritas pelos visitantes do site para relembrar a cidade

Fragmentos de história são as narrações sobre os mais variados aspectos da Iperó de ontem. Com esses relatos de pessoas diversas, de épocas diferentes, falando sobre fatos que tenham vivido, conseguimos ter uma noção, por exemplo, de como era sociedade local nos anos passados (cidade, sua gente, hábitos, lazer, trabalho, estudos, festas, etc). Junto às histórias, imagens relembrando aspectos de Iperó.

Muita gente utiliza o livro de visitas para contar histórias vividas em Iperó. Isso é muito bom. Assim, conforme surgirem novos relatos sobre a “Iperó dos anos passados” (e Iperó de hoje vale também), eles serão acrescentados entre os fragmentos de história. É um grande quebra-cabeça idealizado pelo Augusto Daniel Pavon. E isso nos ajudará a contar uma história menos formal da cidade, mas ao mesmo tempo rica em detalhes.

Conseguiremos estimular as pessoas a participarem da história viva de Iperó, cada um com a sua, cada um na sua época, a fim de que façamos um trabalho de resgate histórico através de “crônicas”.

“Reza a lenda que você é iperoense se…”
“Lembranças de Iperó”
“Francisco Politani”
“Minha infância e juventude – Parte 1”
“Minha infância e juventude – Parte 2”
“Povoado de Santo Antonio nos livros”
“E os apelidos?”
“A Iperó que eu conheci”
“Barbearia do Agenor”
“Programa de calouros”
“Orlando Ferreira”
“Escrever sobre Iperó”
“O velho cinema – Parte 1”
“O velho cinema – Parte 2”
“Sobre a minha família e a Iperó de antigamente”
“O futebol e Iperó”
“A vida dos alunos nos anos 50”
“Algumas brincadeiras”
“Recordar é viver”
“Futebol e benzimentos”
“Lembranças da infância – Parte 1”
“Lembranças da infância – Parte 2”
“Dimas e Godói”
“Portão do cemitério”
“Colheitas de milho verde e arroz”
“Visitas ilustres em Iperó”
“1951, 1952, 1953”
“Iperó por vários iperoenses”
“Família Domingues dos Santos e Iperó”
“Memórias da Banda Santa Cecília, a furiosa”
“O rio Sorocaba”
“Véspera do Primeiro de Maio”
“Junho em Iperó”
“Inverno”
“No meu tempo de moleque…”
“Escola Gaspar”
“7 de Setembro em Iperó”
“Recomeço de uma família”
“Minha infância querida”
“Atlântida iperoense”
“Ary Araújo”
“Saudade dos tempos que passaram”
“José Marques Penteado – Bisteca”
“Iperó e os anos dourados”
“Retrato descritivo da cidade – Parte 1”
“Retrato descritivo da cidade – Parte 2”
“Era um garoto que como eu…”
“GERALDO POLITANI – entrevista”
“ADIB EID – entrevista”
“ROMEU DE CAMPOS – entrevista”
“JOSÉ HOMEM DE GÓES – entrevista”
“Os animais em nossas vidas”
“Primeira metade da década de 1960”
“De Sordi”
“Semana Santa em Iperó”
“Eu e Iperó”
“Estudantes iperoenses”
“Zé Pequeno”
“Clube Atlético Santo Antonio – Cascavel”
“Sebastião Senna”
“Professor João”
“Copa do Mundo de 1958”
“Eu era feliz… e sabia!”
“Minha primeira cueca”
“Roque Eid”
“A bagagem do padre Hilário Henn”
“O primeiro carrinho de pipoca”
“O morro… o jacaré!”
“O tempo”
“Eu sou Iperó”
“Choque de trens ao lado da estação”
“Iperó, 50 anos”
“Sobre o Natal”
“A minha família e Iperó”
“Laura Alves de Moura”
Em Iperó vivi alguns dos momentos mais felizes da minha vida”