Gestão 1983-1988 / 5ª Legislatura

Marcos Antonio Tadeu Andrade (prefeito) e Benedito Valário (vice-prefeito)

Eleitos em 15 de novembro de 1982


PODER EXECUTIVO

Em 1979, com a volta do pluripartidarismo no Brasil, a extinção da ARENA e do MDB originou o PDS e o PMDB, respectivamente. Nos anos seguintes os demais partidos também retomaram as suas atividades.
Seis chapas concorreram na eleição municipal de 1982, sendo três do PDS e três do PMDB, nos mesmos moldes da soma de votos e vitória da chapa mais votada do partido mais votado. Neide Fogaça de Lima foi a primeira candidata a prefeita na história de Iperó. Após essa eleição, somente a de 1996 teve a concorrência de seis chapas.

Édson Sartorelli / Antonio Bueno de Camargo – PDS 1
Marcos Antonio Tadeu Andrade / Benedito Valário – PDS 2
Neide Fogaça de Lima / Jonas Ferreira – PDS 3
Assad Eid / Edgard Antunes Moreira – PMDB 1
João Sartorelli / Pedro Albieri – PMDB 2
Benedito Paula Leite Júnior / Antonio Geraldo de Jesus Politani – PMDB 3

3.313 eleitores no total
Prefeito / Vice: 2.638 votos válidos, 240 brancos, 112 nulos e 323 abstenções

 

PODER LEGISLATIVO

Foram 52 candidatos: 26 do PDS e 26 do PMDB. Nove eleitos e os demais ficaram como suplentes.
Um suplente assumiu no decorrer dessa legislatura: Nélson Celestino dos Santos em substituição a Emílio Fernando Guazzelli.
A partir de 1985 existem os registros arquivados na Câmara Municipal de Iperó.
3.313 eleitores no total
Vereadores: 2.617 votos válidos, 260 brancos, 113 nulos e 323 abstenções