Livro – “A Guerra dos Vagões”

A Guerra dos Vagões
5 de setembro de 2013: Justiça autoriza o início do corte e retirada dos vagões. (Hugo Augusto Rodrigues)

A luta de uma comunidade pelo fim do cemitério dos vagões

Uma guerra jurídica sem precedentes: a pequena Iperó contra a gigante ALL. A grande disputa judicial foi necessária para obrigar a empresa a retirar os cerca de 350 vagões abandonados na cidade. E como na história de Davi e Golias, o menor também saiu vencedor. Iperó, com seus 32,5 mil habitantes à época, conseguiu a vitória em um caso inédito no Brasil.

Isso tudo está contado de forma detalhada em “A Guerra dos Vagões – a luta de uma comunidade pelo fim do cemitério dos vagões”. De autoria do iperoense Solano de Camargo (advogado), com a colaboração dos também iperoenses Hugo Augusto Rodrigues (jornalista) e Sandro Antonio Canatelli (professor de História, Filosofia, Sociologia e redação), o livro mostra todas as armas jurídicas utilizadas para contornar o descaso da ALL e resolver o problema que cresceu ao longo de 35 anos.

Também é relembrada a cobertura da mídia ao longo desse período e os relatos de moradores que conviveram com o problema. Além disso, o livro apresenta um conto ambientado entre a época da retirada dos trens e o auge da Estrada de Ferro Sorocabana.

A guerra dos vagões foi um conjunto de estratégias que envolveu perícias para determinar a contaminação do solo, processos judiciais por danos ambientais, alteração na lei municipal para permitir a cobrança de multas pela prefeitura, ações com pedidos de indenização e até mesmo a criação de um blog para mostrar à ALL e aos seus acionistas – entre eles o empresário Jorge Paulo Lehmann – os problemas causados pelo abandono dos vagões.

É uma história de verdadeira determinação. Ilustrado com fotos, depoimentos, reproduções de reportagens e documentos sobre o cemitério de vagões, o lançamento do livro ocorreu em 10 de abril de 2015 e contou com a presença de centenas de pessoas que prestigiaram o evento no salão da Paróquia Santo Antonio em Iperó.

10 de abril de 2015: lançamento do livro “A Guerra dos Vagões”. (Hugo Augusto Rodrigues)

 

Solano de Camargo, Hugo Augusto Rodrigues e Sandro Antonio Canatelli. (Rosângela Moisés)