O Jornal de Iperó

Jornal editado entre o fim da década de 1950 e o início da década de 1960.

No fim da década de 1950, Iperó ganhou o seu primeiro veículo de imprensa: “O Jornal de Iperó”. Tendo à frente Gumercindo de Campos, Luiz Ribeiro e Accácio Garcia, o impresso passou a noticiar os fatos que ocorriam no distrito e nas cidades vizinhas, principalmente em Boituva e Tatuí. Havia uma parceria com o jornal “Frente Popular”, de Tatuí, que publicava parte das suas edições em conjunto com “O Jornal de Iperó”.

Bastante envolvido com os acontecimentos políticos da época, cobrava, dentre outras coisas, mais atenção da prefeitura de Boituva às necessidades de Iperó. A primeira edição foi publicada em 9 de março de 1958. O jornal funcionou até o início da década de 1960.

Essas páginas ajudam a reconstruir parte da história da cidade através dos artigos e notícias sobre Iperó. Atualmente, “Jornal de Iperó” é o nome da veiculação oficial da Prefeitura de Iperó. O semanário é editado desde julho de 2007.

A seguir, trechos de várias edições do “O Jornal de Iperó” entre 1958 e 1959. Reproduzimos também parte da edição do jornal “Cruzeiro do Sul” de 21 de março de 1966: as comemorações do primeiro aniversário de Iperó.